Imagens

Palestras Educação a Distância Futuro Autógrafos Comes & Bebes João Mattar Sampa

quinta-feira, 23 de março de 2017

Sorteio #3

Um exemplar do livro Gestão e motivação em educação infantil será sorteado na VII Jornada Educação a Distância.


Este livro aborda uma das questões mais desafiadoras no ambiente de trabalho: a habilidade de encorajar a criatividade, a produtividade e o comprometimento constante dos funcionários. Voltado especialmente para a Educação Infantil, Gestão e motivação respeita e reconhece os desafios enfrentados nessa área. Os princípios básicos da teoria motivacional são expostos com clareza e sugestões práticas são discutidas para incentivar a equipe, além de auxiliar o gestor motivado a desenvolver e implementar estratégias que vão ajudar os funcionários a, gradativamente, assumir a responsabilidade por sua própria motivação, que é a forma mais duradoura do paradigma motivacional.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Educação sem Distância

O tema da palestra do Romero Tori será Educação sem Distância.

A VII Jornada EaD coincide com o sétimo aniversário do livro “Educação sem Distância”, lançado em abril de 2010. Nesses sete anos muita coisa evoluiu na educação a distância ou, mais genericamente, na educação mediada por tecnologias interativas. Mas as bases dessa evolução, abordadas no livro, continuam válidas e cada vez mais presentes, tais como: convergência entre real e virtual, ensino híbrido, redução de distâncias por meio da interatividade e uso crescente de mídias digitais em todas as modalidades. Nesta palestra revisitaremos os principais pontos do livro, analisando como eram, como ficaram e como devem evoluir daqui para a frente. Esta palestra marcará também o lançamento da Segunda Edição do livro “Educação sem Distância”, revista e atualizada.

Romero Tori é engenheiro, mestre, doutor e livre docente pela USP em Tecnologias Interativas. É Professor Associado 3 da Escola Politécnica da USP e coordenador do Interlab (Laboratório de Pesquisa em Ambientes Interativos). Coordenou e tem desenvolvido diversas pesquisas em tecnologias interativas, com foco na aplicação em educação. Bolsista de produtividade do CNPq, em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora, na área de Tecnologias Educacionais. Membro do Conselho Deliberativo da Escola do Futuro/USP. Autor, entre outros trabalhos, do livro “Educação sem Distância”. Publica o blog “Educação sem Distância” (http://romerotori.org).

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

O uso da plataforma Fazgame para o ensino de história e cultura africana e afro-brasileira

Em nossa Mesa Redonda, palestra sobre O uso da plataforma Fazgame para o ensino de história e cultura africana e afro-brasileira, com Patricia Coelho e Dinamara Pereira Machado.

A partir da promulgação da Lei nº 10.639/2003 e das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação, tornou-se obrigatório o ensino de relações étnico-raciais e também de História e Cultura Afro-brasileira. Nossa apresentação buscará apresentar os resultados alcançados,  a partir de desenvolvimento de um Projeto "Game, História e Cultura",  para o ensino infantil, em um colégio particular na cidade de Atibaia-SP. Neste projeto tivemos dois objetivos, bem claros e definidos, a saber: (i) ensinar através de criação de narrativas e (ii) utilizar a plataforma Fazgame como uma ferramenta pedagogica para o ensino das relações étnico-raciais. O corpus selecionado para este estudo é a ferramenta FazGame. A opção por está plataforma deve-se ao fato dela possibilitar uma didática interativa e dinâmica, permitindo ao aluno criar um conteúdo, a partir das aulas expositivas realizadas em sala de aula. Como arcabouço teórico nos sustentamos, principalmente, nas pesquisas sobre games de Huizinga (2003), Coelho (2014; 2013a; 2013b) e Mattar (2010)  e nos estudos sobre Cultura e a História Africana de Appiah (1997),  Hebe Mattos (2003) e Hernandez (2005). A metodologia utilizada é a empírica com base bibliográfica (GIL, 2003). O método utilizado é o hipotético-dedutivo a partir de um estudo de caso. Os resultados alcançados apontaram que a utilização da plataforma Fazgame permite que alunos com idades entre 5 e 6 anos desenvolvessem suas narrativas e, dessa forma, aprofundassem seu conhecimento sobre o conteúdo de História e Cultura Africana como prevê a Lei nº 10.639/2003.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Novas tecnologias digitais na educação: estudo de caso de um game no ensino superior

O Edson Alves dará uma palestra sobre Novas tecnologias digitais na educação: estudo de caso de um  game no ensino superior.

As tecnologias digitais têm na sociedade atual uma importância significativa, em todos os seguimentos elas são sinônimas de desenvolvimento, através delas surgem novas concepções de empresas e modelos organizacionais. Porém muitos ainda questionam sua utilização na educação, se a tecnologia for Game, os questionamentos e resistências serão ainda maiores. Nosso objetivo com este estudo é analisar um Game de estratégias empresariais e o desempenho e a aceitação desta ferramenta como estratégia de ensino de nativos e imigrantes digitais que foi utilizado no 7º semestre de um curso de Administração de uma IES particular. Nosso Arcabouço teórico se baseia nos estudos de Prensky (2010, 2012) e Mattar (2010) sobre a necessidade de inserção de tecnologias digitais na educação dos nativos digitais, incluindo os Games. Nossa metodologia é qualitativa e quantitativa. O corpus é representado pelo Game LDP Estratégias empresariais e questionários com os alunos do curso. Esperamos com este estudo identificar se há diferenças de desempenho e na aceitação de ferramentas digitais na educação de nativos e imigrantes digitais.

Edson Alves é Mestre em Ciências Humanas pela Universidade de Santo Amaro – Unisa, pós – graduado em Gestão de Recursos Humanos – Fecap, Administrador de empresas. Professor universitário para os cursos de Administração e tecnológico em Gestão de Pessoas / RH, como também em cursos de pós - graduação Latu sensu em Gestão de Pessoas. Membro do GEITE – Grupo de Pesquisas Interdisciplinares em Educação da Universidade de Santo Amaro – Unisa. Pesquisa a utilização das tecnologias digitais como Games, nos processos de ensino – aprendizagem no ensino superior.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Sorteio #2

Um exemplar do livro Formadores da criança e do jovem será sorteado na VII Jornada Educação a Distância.

Para os autores, a formação de crianças e jovens é um desafio compartilhado por pais, professores
e sociedade. Nesta obra eles pretendem fazer uma reflexão e abordar novas formas de relacionamento com o aprendiz, buscando eliminar as barreiras históricas que dificultam o diálogo entre o professor e o aprendiz, entre a escola e a família, entre a escola e a comunidade intra e extraescolar. Principais temas abordados:
- O papel do professor na promoção do desenvolvimento sociocognitivo da criança.
- Uma análise sobre recreio como um importante momento da vida e do desenvolvimento social dos estudantes.
- A influência do contexto familiar no processo de aprendizagem dos alunos.
- A parceria entre escola e comunidade.
- A Psicologia Escolar na educação brasileira.
Segundo livro da coleção “Escola e Contemporaneidade. Temas Emergentes à Psicologia da Educação”, Formadores da criança e do jovem traz um intenso trabalho de pesquisa de um grupo de profissionais com grande experiência na área da educação. A discussão das temáticas é resultado de pesquisas e sugestões de estratégias para transpor algumas barreiras habituais da relação entre escola, alunos, família e comunidade.
Em toda a obra há a preocupação da reflexão sobre como obter soluções para o sucesso na educação de nossas crianças e jovens.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Sorteio #1

Duas unidades do livro Tutoria e Interação em Educação a Distância, escrito pelo professor João Mattar, serão sorteados da VII Jornada Educação a Distância.

Tutor é um personagem recente na história da educação brasileira. Institucionalizou-se não só na educação pública na Universidade Aberta do Brasil, como também em instituições de ensino superior privadas e na Educação a Distância (EaD) profissional e corporativa.
Esta obra tem como objetivo reinterpretar a atuação do tutor como docente e, simultaneamente, oferecer subsídios para o trabalho do professor em EaD. Para isso, o texto apresenta uma reflexão sobre a atuação desse profissional e o suporte para desenvolver atividades com qualidade e criatividade.
Ao longo do texto o leitor terá acesso a tópicos como conectivismo, ambientes virtuais de aprendizagem (Moodle), plataformas da web 2.0 e redes sociais, atividades síncronas e assíncronas e outros. Tutoria e Interação em Educação a Distância, além de ser uma ferramenta útil para quem tem interesse em conhecer o mundo da EaD, traz um material de reflexão e prática sobre uma atividade essencial na EaD: a mediação pedagógica.

MATTAR, João. Tutoria e interação em educação a distânciaSão Paulo: Cengage Learning, 2012.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Produção de Vídeos em Educação a Distância

O Workshop com André Corradini abordará a Produção de Vídeos em Educação a Distância.

Qual o papel do vídeo na educação a distância? E a sua produção, como pode ser feita? Um panorama da produção audiovisual do Ensino a distancia no Brasil, sua produções, equipamentos, estúdios, estruturas em geral. Existe um formato ideal de uma videoaula? Como explorar esse recurso importantíssimo para o ensino a distância? A contribuição do Designer Instrucional para a produção da videoaula. Diversos exemplos de videoaulas.

André Corradini é Engenheiro, Mestre em Gestão do Conhecimento, pós graduado em criação visual para vídeo e cinema. Com mais de 20 anos de experiencia na área de vídeo produção, especificamente com vídeo aulas, atuando em renomadas empresas, líderes em seus segmentos.É especialista na criação e desenvolvimento de treinamentos e vídeo aulas em EaDs. Editor, finalizador, diretor de fotografia e cinegrafista. É Professor de Edição (Adobe Premiere), efeitos especiais (After Effects), iluminação, direção de fotografia, cinegrafia e roteirização. Professor da Jornada Adobe. Especialista na produção de materiais didáticos na área de vídeo produção. Gerente de produção áudio visual e estúdios da Unicesumar. Trabalhou em produtoras de vídeo e canais de televisão.