Imagens

Palestras Educação a Distância Futuro Autógrafos Comes & Bebes João Mattar Sampa

terça-feira, 11 de abril de 2017

O que as Startups estão fazendo para melhorar a educação do Brasil?

A coordenação da Rodada de Discussões será realizada pela co-fundadora do Guia EAD Brasil, Fernanda Furuno e participarão com ela Marcelo Mejlachowicz CEO e co-fundador do Veduca.org, Paola Cicarelli CEO e co-fundadora da Cuboz e Tiago Bipo fundador do Hack n' Rock


Em uma discussão interessante com líderes de startups voltadas para o segmento educacional, vamos conhecer mais deste universo e descobrir ações e motivações que os levam, a procurar revolucionar à educação, por meio de propostas que rompem os modelos tradicionais e atraem alunos e professores engajados em novas propostas de ensinar e aprender.

quarta-feira, 29 de março de 2017

Press Release #2

Evento discute Educação a Distância

Jornada, que acontecerá no dia 27 de Maio, sábado, reunirá grandes nomes para discutir o futuro nas tecnologias em educação a distância. A VII Jornada Jornada EaD será realizada na Universidade Santo Amaro (Unisa), em São Paulo.

Para tratar das novidades do uso de tecnologias em educação a distância e discutir temas como games e gamificação em educação, metodologias ativas, produção de vídeo em EaD e outros, acontece no dia 27 de Maio (sábado) a VII Jornada Educação a Distância, das 8h às 18h na Universidade Santo Amaro), em São Paulo. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site do evento (www.eadfa.com.br).

Promovida pela Artesanato Educacional, empresa que presta consultoria nas áreas de tecnologia educacional e educação a distância, e coordenada pelo professor João Mattar, professor e pesquisador da PUC–SP e da Uninter, Diretor da ABED (Associação Brasileira de Educação a Distância) e Vice-Presidente da ABT (Associação Brasileira de Tecnologia Educacional), a Jornada tem como intenção apresentar inovações nos usos de tecnologias em educação. “Nestes sete anos, temos sempre procurado olhar para o futuro. Um grupo de pessoas se reúne em um sábado e entra em fluxo, pensando em como novas tecnologias e a educação a distância podem colaborar para a aprendizagem”, afirma João Mattar, coordenador do evento.

A Jornada – que contará com palestras, apresentações, debates, workshops e rodada de negócios – é direcionada a professores, tutores, profissionais de mídias sociais e tecnologia, gestores de educação a distância e instituições de ensino, empresas, universidades corporativas e todos os que se interessam por educação e tecnologia. Dentre os destaques da programação estão a presença dos professores Rometo Tori (USP), André Corradini (Unicesumar) e Patricia Coelho (Unisa e Uninter). O evento tem apoio da Universidade Santo Amaro (Unisa), da Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED), da Associação Brasileira de Tecnologia Educacional (ABT) e do Programa de Pós-Graduação em Tecnologias da Inteligência e Design Digital (TIDD) da PUC-SP.
Em uma das atividades imperdíveis da Jornada, a equipe do Guia EaD Brasil coordenará uma rodada de discussões entre startups na área de Tecnologia Educacional e Educação a Distância.
Para se inscrever e saber mais sobre o evento acesse: http://www.eadfa.com.br/

Serviço:
VII Jornada de Educação a Distância

Data: 27 de Maio  (sábado)
Horário:  8h às 18h
Local: UNISA – Universidade Santo Amaro - campus II
Rua Isabel Schmidt, 349, Santo Amaro (próximo à estação Adolfo Pinheiro do Metrô)
Inscrições pelo site: http://eadfa.com.br/

Informações para a imprensa:
Artesanato Educacional – tel. (11) 3562-4714
Nataly D’Elia – artesanatoeducacional@gmail.com

Sobre a UNISA 
A Universidade Santo Amaro - Unisa está entre as mais conceituadas instituições de ensino superior do Brasil, ocupando uma posição privilegiada no cenário educacional desde 1968, quando iniciou suas atividades com os cursos presenciais de Medicina, Letras, Pedagogia, Matemática e Física. Atualmente, possui quatro campi na cidade de São Paulo e mais de 100 polos de ensino a distância distribuídos em todo território nacional. São oferecidos diversos cursos de graduação presenciais e a distância, entre bacharelados, licenciaturas e tecnológicos, além de pós-graduação e extensão. Mais informações pelo site www.unisa.br.


quinta-feira, 23 de março de 2017

Sorteio #3

Um exemplar do livro Gestão e motivação em educação infantil será sorteado na VII Jornada Educação a Distância.


Este livro aborda uma das questões mais desafiadoras no ambiente de trabalho: a habilidade de encorajar a criatividade, a produtividade e o comprometimento constante dos funcionários. Voltado especialmente para a Educação Infantil, Gestão e motivação respeita e reconhece os desafios enfrentados nessa área. Os princípios básicos da teoria motivacional são expostos com clareza e sugestões práticas são discutidas para incentivar a equipe, além de auxiliar o gestor motivado a desenvolver e implementar estratégias que vão ajudar os funcionários a, gradativamente, assumir a responsabilidade por sua própria motivação, que é a forma mais duradoura do paradigma motivacional.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Educação sem Distância

O tema da palestra do Romero Tori será Educação sem Distância.

A VII Jornada EaD coincide com o sétimo aniversário do livro “Educação sem Distância”, lançado em abril de 2010. Nesses sete anos muita coisa evoluiu na educação a distância ou, mais genericamente, na educação mediada por tecnologias interativas. Mas as bases dessa evolução, abordadas no livro, continuam válidas e cada vez mais presentes, tais como: convergência entre real e virtual, ensino híbrido, redução de distâncias por meio da interatividade e uso crescente de mídias digitais em todas as modalidades. Nesta palestra revisitaremos os principais pontos do livro, analisando como eram, como ficaram e como devem evoluir daqui para a frente. Esta palestra marcará também o lançamento da Segunda Edição do livro “Educação sem Distância”, revista e atualizada.

Romero Tori é engenheiro, mestre, doutor e livre docente pela USP em Tecnologias Interativas. É Professor Associado 3 da Escola Politécnica da USP e coordenador do Interlab (Laboratório de Pesquisa em Ambientes Interativos). Coordenou e tem desenvolvido diversas pesquisas em tecnologias interativas, com foco na aplicação em educação. Bolsista de produtividade do CNPq, em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora, na área de Tecnologias Educacionais. Membro do Conselho Deliberativo da Escola do Futuro/USP. Autor, entre outros trabalhos, do livro “Educação sem Distância”. Publica o blog “Educação sem Distância” (http://romerotori.org).

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

O uso da plataforma Fazgame para o ensino de história e cultura africana e afro-brasileira

Em nossa Mesa Redonda, palestra sobre O uso da plataforma Fazgame para o ensino de história e cultura africana e afro-brasileira, com Patricia Coelho e Dinamara Pereira Machado.

A partir da promulgação da Lei nº 10.639/2003 e das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação, tornou-se obrigatório o ensino de relações étnico-raciais e também de História e Cultura Afro-brasileira. Nossa apresentação buscará apresentar os resultados alcançados,  a partir de desenvolvimento de um Projeto "Game, História e Cultura",  para o ensino infantil, em um colégio particular na cidade de Atibaia-SP. Neste projeto tivemos dois objetivos, bem claros e definidos, a saber: (i) ensinar através de criação de narrativas e (ii) utilizar a plataforma Fazgame como uma ferramenta pedagogica para o ensino das relações étnico-raciais. O corpus selecionado para este estudo é a ferramenta FazGame. A opção por está plataforma deve-se ao fato dela possibilitar uma didática interativa e dinâmica, permitindo ao aluno criar um conteúdo, a partir das aulas expositivas realizadas em sala de aula. Como arcabouço teórico nos sustentamos, principalmente, nas pesquisas sobre games de Huizinga (2003), Coelho (2014; 2013a; 2013b) e Mattar (2010)  e nos estudos sobre Cultura e a História Africana de Appiah (1997),  Hebe Mattos (2003) e Hernandez (2005). A metodologia utilizada é a empírica com base bibliográfica (GIL, 2003). O método utilizado é o hipotético-dedutivo a partir de um estudo de caso. Os resultados alcançados apontaram que a utilização da plataforma Fazgame permite que alunos com idades entre 5 e 6 anos desenvolvessem suas narrativas e, dessa forma, aprofundassem seu conhecimento sobre o conteúdo de História e Cultura Africana como prevê a Lei nº 10.639/2003.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Novas tecnologias digitais na educação: estudo de caso de um game no ensino superior

O Edson Alves dará uma palestra sobre Novas tecnologias digitais na educação: estudo de caso de um  game no ensino superior.

As tecnologias digitais têm na sociedade atual uma importância significativa, em todos os seguimentos elas são sinônimas de desenvolvimento, através delas surgem novas concepções de empresas e modelos organizacionais. Porém muitos ainda questionam sua utilização na educação, se a tecnologia for Game, os questionamentos e resistências serão ainda maiores. Nosso objetivo com este estudo é analisar um Game de estratégias empresariais e o desempenho e a aceitação desta ferramenta como estratégia de ensino de nativos e imigrantes digitais que foi utilizado no 7º semestre de um curso de Administração de uma IES particular. Nosso Arcabouço teórico se baseia nos estudos de Prensky (2010, 2012) e Mattar (2010) sobre a necessidade de inserção de tecnologias digitais na educação dos nativos digitais, incluindo os Games. Nossa metodologia é qualitativa e quantitativa. O corpus é representado pelo Game LDP Estratégias empresariais e questionários com os alunos do curso. Esperamos com este estudo identificar se há diferenças de desempenho e na aceitação de ferramentas digitais na educação de nativos e imigrantes digitais.

Edson Alves é Mestre em Ciências Humanas pela Universidade de Santo Amaro – Unisa, pós – graduado em Gestão de Recursos Humanos – Fecap, Administrador de empresas. Professor universitário para os cursos de Administração e tecnológico em Gestão de Pessoas / RH, como também em cursos de pós - graduação Latu sensu em Gestão de Pessoas. Membro do GEITE – Grupo de Pesquisas Interdisciplinares em Educação da Universidade de Santo Amaro – Unisa. Pesquisa a utilização das tecnologias digitais como Games, nos processos de ensino – aprendizagem no ensino superior.